Postagens Mais Procuradas

27 de agosto de 2011

Google a granel - parte 1

Se a Google Corp sempre foi agressiva, (no bom sentido) empreendendo pesquisas para o desenvolvimentos de novos e melhores dispositivos tecnológicos - sejam hardware ou software, on-line ou off-line, em 2011 a empresa resolveu mostrar que fôlego não lhe falta. De fato, nos últimos dois meses, seria possível manter um blog somente sobre a empresa - com várias postagens diárias. 
Como escrevi no artigo "Guerra das Estrelas", publicado na e-Magazine Nomadismo Celular, em 18 de maio passado, a Google Corp não parece se deixar afetar pela "guerra" que vem travando em duas frentes. No mercado de celulares, smartphones e tablets, ataca a Apple e seu iPhone, usando como arma seu SO Android e como estratégia boas parcerias. Em outro front, o das redes/mídias sociais,  sobre o que escrevi na Nomadismo em 12 de julho, no texto "E a Google Não Pára", contra Facebook, Twitter e outras social networks, com seu Google+ Project.
Apesar desse "todos contra um", a Google não se abalou. Vem lançando novidades ou aprimoramentos diariamente. Nesta "Parte 1", vou falar de 3 novidades recentes. E convidá-los a, ao final, visitar o site da Nomadismo Celular para ler a "Parte 2". Vai valer a pena.

Sem qualquer alarde, começou a funcionar no Brasil o Google Voice. Feito especificamente para realização de chamadas telefônicas, o produto chega poucos dias depois da Microsoft ter comprado o Skype, software que "domina" o mercado de ligações telefônicas através do sistema chamado VoIP - Voice Over IP, que usa a mesma estrutura física que usamos para navegar a Internet. Os custos das chamadas Skype, nacionais ou internacionais, são baixíssimos. Os do Google Voice são menores. E muito. Ligações para telefones fixos de qualquer país custam em média 2 centavos de dólar por minuto, via Google Voice.
O Skype existe há uma década, é um sistema, não só um programa, maduro. Mas quanto tempo será que a Google Corp levará para superá-lo?

No mesmo dia, o Android Market, em sua app oficial, sofreu uma atualização "na calada da noite". A interface, que já tinha mudado - e melhorado, sofreu pequenos ajustes. Mas a segurança das operações de compra foi reforçada, agora há a necessidade de se criar um PIN para ser usado em futuras compras. Também foi incluído o "botão +1" (equivalente vitaminado do Curtir do Facebook) agora faz parte da interface, permitindo ao usuário do Android Market "votar" nas apps. Você ainda não deve ter recebido a atualização, que está sendo feita em etapas. Mas conseguimos testá-la, e as mudanças valeram. Especialmente a segurança extra nas compras.

Note o já onipresente "+1"
O código PIN dá mais tranquilidade


Se você pensa que a Google Corp só fez isso nos últimos dias, me acompanhe, vamos ler "Google a granel - Parte 2". Clique aqui e me acompanhe...







PauloNaderCunha's Your Story News

Google Maps com Weather Layer - Camada de Clima